Clique aqui

março 31, 2021

Governadora sanciona lei com multa de até R$ 20 mil para quem furar fila de vacinação contra Covid-19 no RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
O Governo do Rio Grande do Norte sancionou a Lei nº 10.860, que estabelece multa de R$ 10 a R$ 20 mil para quem furar a fila da campanha de vacinação contra a Covid-19. O projeto foi aprovado em fevereiro pela Assembleia Legislativa por unanimidade.

De acordo com a lei, a penalidade será aplicada para a pessoa responsável pela aplicação da vacina, ou seu superior hierárquico, como também para a própria pessoa que se vacinou estando fora do grupo de prioridade estabelecido pelo plano de vacinação.

A norma, publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (31), ainda estabelece o dobro da pena caso o infrator seja funcionário ou agente público.

“O RN precisava dessa medida para pôr fim a uma conduta gravíssima, que coloca em risco a saúde das pessoas que têm vacinação prioritária por pertencer a grupos mais vulneráveis. A multa será um instrumento pertinente para tanto”, argumentou o autor da lei, deputado Hermano Morais (PSB).

A multa será aplicada sem prejuízo civil ou penal, mediante procedimento administrativo pelo órgão estadual competente. Os valores recolhidos serão destinados ao Fundo Estadual de Saúde.

março 31, 2021

Governo discute com prefeituras prorrogação ou não de decreto de isolamento social no RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Governadora do RN participa de reunião com prefeitos sobre novo decreto — Foto: Divulgação

Governo e prefeituras do Rio Grande do Norte discutem se devem prorrogar ou não as medidas de isolamento social rígido no estado, por causa da pandemia da Covid-19. O atual decreto que autoriza funcionamento apenas de serviços essenciais vale até a próxima sexta-feira (2). O governo também aguarda recomendações do comitê científico estadual. A previsão é de que as orientações sejam apresentadas nesta quarta-feira (31).

Em reunião virtual no final da manhã de terça (30), os gestores municipais pediram a flexibilização das normas para reabertura do comércio. Os municípios sugeriram o início da abertura da economia com proposta de regionalização das medidas, argumentando que as situações dos pequenos comércios nos municípios, principalmente os menores, são singulares.

Aos prefeitos, a governadora afirmou que estava "sensível" às observações feitas do ponto de vista da possibilidade da flexibilização das medidas adotadas, mas ressaltou que qualquer decisão precisa estar condicionada ao quadro da saúde. “Vamos continuar em constante diálogo para que possamos ter o máximo de unidade neste novo decreto”, afirmou.

A secretária-adjunta de Saúde Pública, Maura Sobreira, afirmou que o decreto que passou a vigorar dia 20 de março e as medidas restritivas anteriores mostram um cenário epidemiológico um pouco melhor, mas a situação ainda é muito preocupante porque as filas por busca de leitos ainda são altas, principalmente, em Natal e Região Metropolitana, mesmo após a expansão de leitos.

O presidente da Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO), Fernando Bezerra, prefeito de Acari, também disse que a situação dos municípios é difícil, principalmente, para os pequenos empreendedores.

Para o prefeito de Natal, Álvaro Dias, a estrutura de atendimento à saúde no município e as mais de 100 mil pessoas vacinadas na capital dão a certeza de que já se pode flexibilizar na abertura do comércio mantendo fiscalização e distanciamento social.

Prefeito de Mossoró, Alysson Bezerra afirmou que é hora de voltar a abrir o comércio com foco na fiscalização. Segundo ele, os comerciantes se comprometeram a conter as aglomerações.

O presidente da Fermurn, Anteomar Pereira da Silva ("Babá"), prefeito de São Tomé, disse que a pressão para o retorno das atividades não essenciais é muito grande nos municípios e frisou que não é o pequeno comércio o causador das aglomerações. “Quase 100% dos prefeitos desejam que sejam abertas as atividades que estão fechadas”, disse. De acordo com ele, a maioria aposta na reabertura com fiscalização.

março 30, 2021

O senador Jean (PT-RN) vota a favor de projeto para compensar efeitos da pandemia.

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Respost @senadorjean

Como senador, voto a favor do projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse) e estabelece ações emergenciais destinadas ao setor de eventos.

Além disso, também propus uma emenda que amplia o escopo do projeto para incluir empresas que trabalham indiretamente com eventos, como profissionais de som, luz, foto, vídeo, multimídia, operadores, dentre outros que precisam do nosso apoio neste momento. 
A iniciativa é, sem dúvida, de extrema importância para um dos setores mais afetados em virtude da pandemia e das medidas restritivas a fim de combater o avanço do coronavírus.
#SenadorJean

março 30, 2021

Pedidos de internações hospitalares no RN caem 8% nos últimos 12 dias

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
As medidas mais restritivas de isolamento social anunciadas em 17 março, com o fechamento das atividades consideradas não essenciais até o dia 2 de abril, já começam a surtir os primeiros efeitos positivos no Rio Grande do Norte. A média móvel da solicitação de vagas para leitos para tratamento da Covid-19 caiu 8% nos últimos 12 dias. Apesar da redução, a rede hospitalar ainda segue estrangulada, com um total de 97,2% dos leitos de UTI ocupados.

Segundo dados da plataforma Regularn, que monitora em tempo real a oferta de leitos de internação para casos de Covid-19 no Rio Grande do Norte, o domingo 28 registrou 92 pedidos de internação — leitos clínicos e de terapia intensiva. O número de pedido foi o menor desde 8 de março, quando foram feitas 88 solicitações.

Analisando a média móvel, a partir da análise dos últimos sete dias, o estado fechou o domingo 28 com um registro de 117,8 solicitações. O registro é o menor desde 12 de março, com 117,7 pedidos. O perído entre 12 e 24 de março, por sinal, foi o mais crítico de toda a pandemia no território potiguar. A média móvel alcançou 132 pedidos no dia 18. Já o recorde absoluto de pedidos foi em 15 de março. Foram feitas 152 solicitações de internação em 24 horas.

Apesar da queda, ainda há 92 potiguares aguardando para conseguir um leito crítico para internação. O número de pessoas aguardando leitos de UTI também apresenta redução. Em 17 de março, no auge da crise sanitária, o Rio Grande do Norte contava com 131 pacientes à espera de leitos críticos. Ou seja, a fila de espera foi reduzida de 25%.

Dos 25 hospitais com leitos disponíveis para pacientes Covid-19, 21 deles estão com 100% de ocupação. Apenas o Hospital Colônia Dr João Machado (97,14%), o Hospital Giselda Trigueiro (97,14%), o Hospital Regional Alfredo Mesquita (90%), em Macaíba e o Hospital Infantil Maria Alice Fernandes (30%), ainda apresentam vagas disponíveis para internação.

Fonte: Agora RN

março 30, 2021

Comandantes das Forças Armadas devem deixar seus cargos hoje; Bolsonaro cogita nomear aliado no Exército

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Presidente Jair Bolsonaro poderá repetir Dilma Rousseff e quebrar uma tradição no Exército se decidir nomear como próximo comandante do Exército o general Marco Antônio Freire Gomes. Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro poderá repetir a ex-presidente Dilma Rousseff e quebrar uma tradição no Exército se decidir nomear como próximo comandante do Exército o general Marco Antônio Freire Gomes. Comandante militar do Nordeste, Gomes é o nome mais cotado nos bastidores do governo para substituir o comandante do Exército, Edson Leal Pujol, que deverá deixar o cargo após a demissão do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva.

Nesta terça-feira, 30, o ministro Braga Netto, que assume a Casa Civil, vai se reunir com os comandantes das três forças: Exército, Marinha e Aeronáutica. Todos eles conversaram nesta segunda-feira, 29, com Azevedo e Silva logo após ele deixar o gabinete de Bolsonaro demitido do Ministério da Defesa.

O encontro de Azevedo com Bolsonaro durou três minutos. O tom foi seco. “Preciso do seu cargo”, disse o presidente ao então ministro da Defesa. Auxiliares do general dizem que ele já desconfiava estar na berlinda por ter sido contrário à tentativa de Bolsonaro de substituir Pujol, o comandante do Exército.

Desde a semana passada, Azevedo vinha sendo cobrado por demonstrações de mais apoio político a Bolsonaro. O presidente queria um sinal claro do Exército e não recebeu. Oficiais militares ouvidos pelo Estadão dão agora como certa a saída de Pujol. Em conversas reservadas, dizem que Azevedo perdeu o Ministério da Defesa porque se opôs à ofensiva de Bolsonaro. O Estadão apurou que o comandante do Exército se recusou a politizar as Forças Armadas, como queria o presidente. Agora, portanto, há caminho livre para a troca no Comando do Exército.

A expectativa nas Forças Armadas é de uma renúncia coletiva. Na hierarquia militar, todos os atuais comandantes estariam acima do novo ministro da Defesa, Braga Netto, pelo critério de antiguidade. Diante disso, caso permaneçam nos cargos, terão de se subordinar a ele. No Exército, a tradição da escolha dos comandantes obedece à antiguidade dos generais de quatro estrelas, ou seja, quem tem mais tempo no topo da carreira. Em 2015, a então presidente Dilma ignorou isso e escolheu de uma lista tríplice o general Eduardo Villas Bôas, que à época era comandante de Operações Terrestres. Villas Bôas era o terceiro na ordem.

Segundo militares  que acompanham a negociação, para nomear Freire Gomes Bolsonaro teria de “aposentar” seis generais mais antigos que ele. Isso porque eles passam à reserva se um oficial mais “moderno”, com menos tempo de Exército, for alçado ao comando. 

Ao escolher Freire Gomes, Bolsonaro pode escapar ainda de outro nome que está prestes a se tornar o mais antigo entre os generais de quatro estrelas: o atual comandante de Operações Terrestres, general José Freitas. À frente dele estão apenas os generais Décio Schons e César Augusto de Nardi, que passarão oficialmente à reserva em abril e já foram substituídos no Alto Comando.

José Freitas teria, por tradição, a preferência para assumir o comando. Ele é apontado por deputados, senadores e militares como alguém que se opõe às mais recentes investidas políticas de Bolsonaro na caserna. Assim, estaria alinhado aos generais Fernando Azevedo e Silva, ex-ministro da Defesa, e ao comandante Pujol.  A escolha de Freitas é considerada pouco provável por generais.

Em abril de 2018, ele apoiou a manifestação no Twitter do ex-comandante Villas Bôas, que gerou pressão sobre o Supremo Tribunal Federal às vésperas do julgamento de um recurso que poderia evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Villas Bôas afirmou que o Exército compartilhava o “anseio dos cidadãos de bem de repúdio à impunidade” e se mantinha “atento às suas missões institucionais”. 

“Nessa situação que vive o Brasil, resta perguntar às instituições e ao povo quem realmente está pensando no bem do País e das gerações futuras e quem está preocupado apenas com interesses pessoais?”, questionou Villas Boas. Em seu perfil no Twitter, Freitas compartilhou a mensagem. “Mais uma vez o comandante do Exército expressa as preocupações e anseios dos cidadãos brasileiros que vestem fardas. Estamos juntos, comandante Villas Bôas”, escreveu ele, na ocasião.

Neste ano, o episódio do tuíte voltou à tona com a revelação de Villas Bôas, em depoimento a um livro da Editora FGV, de que teve aval do Alto Comando para publicar aquela mensagem. Esta versão provocou manifestações de repúdio de ministros do Supremo. Após a anulação da condenação de Lula, neste mês, os militares preferiram o silêncio.

Fonte: Agora RN

março 30, 2021

LAIS recomenda que decreto de isolamento social rígido seja prorrogado com toque de recolher integral no fim de semana no RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Os cientistas do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) - alguns integram também o comitê científico do RN - recomendaram nesta segunda-feira (29) que o governo do Rio Grande do Norte prorrogue até o próximo domingo (4) o atual decreto de isolamento social rígido que tem validade até o dia 2 de abril.

No documento, os cientistas ainda recomendam que se faça um toque de recolher integral de 48 horas - das 5h do sábado (3) até 5h da segunda-feira (5).

A intenção dos especialistas com as medidas é evitar aglomerações durante o feriadão da Semana Santa em todo o Rio Grande do Norte.

"Esse toque de recolher de 48 horas é a circulação zero de pessoas em todo o RN, como nós já vimos em outro momento, que aumentou de maneira expressiva a taxa de isolamento social de todo o estado", explicou o diretor executivo do LAIS, Ricardo Valentim.

No relatório, os cientistas indicam que março tem sido um dos piores meses desde o início da pandemia e que isso exigiu medidas mais duras, já que houve recorde de internações e o terceiro maior número de mortes e também o terceiro maior número de casos confirmados durante o mês (veja o relatório na íntegra).

Os especialistas apontam, no entanto, que após a implantação de medidas mais duras no estado e especialmente em Natal e Região Metropolitana, houve uma melhora da situação, ainda que a situação siga sendo considerada crítica.

"Com base nas análises realizadas, é possível afirmar que a situação de saúde do estado, em virtude da pandemia, ainda é considerada grave. Todavia, já é possível observar, em todo o RN, uma redução dos pedidos por internação em leitos covid-19. Isso, provavelmente, já pode ser fruto dos primeiros impactos positivos do último decreto publicado", conclui o documento, que reforça, no entanto, que ainda não é momento de relaxar as medidas.

"Como os resultados, neste momento, ainda são lentos, não é possível falar, agora, em relaxar as medidas sanitárias, ao menos até a Páscoa. É necessário ter uma maior clareza quanto à sustentabilidade na redução das solicitações de internações por Covid-19 por um prazo maior de dias, com o propósito de poder orientar de maneira mais segura as autoridades públicas do estado no que diz respeito ao relaxamento das medidas impostas no último decreto".

A intenção do LAIS é de que com esse prazo estendido, além de se evitar aglomerações durante o fim de semana, também seja possível entender melhor o impacto das medidas restritivas no combate a pandemia no estado.

"Que o decreto seja estendido pelo menos até o fim da Páscoa. Vai estender mais alguns dias, que é tempo suficiente pra se fazer novas análises e observar como se está essa atenuação, ocupação de leitos, como também redução de pedidos por internação", explicou Ricardo Valentim.

O médico epidemiologista Ion de Andrade, que também assina a recomendação, é outro que reforça que as medidas já tem impactado na redução da pressão por leitos. Apesar disso, ele reforça que isso também só aconteceu por conta da abertura de novos leitos críticos no estado neste período.

"Influência há do decreto porque a gente tem sempre visto que medidas restritivas diminuem a velocidade do contágio. Outro componente dessa equação é a quantidade de leitos disponíveis, que teve um aumento", afirmou.

Nesta segunda-feira (29), o estado tinha cerca de 100 pacientes na fila por um leito crítico de UTI - o número na semana passada variava entre 130 e 140. Mesmo com a diminuição, o cenário segue delicado.

"De qualquer maneira, nós continuamos numa situação muito crítica, porque 100 pacientes na fila com perfil crítico não é um número que autoriza a qualquer tipo de flexibilização", falou Ion de Andrade.

Veja as recomendações do LAIS

O atual decreto do estado deve ser mantido até o final da semana da Páscoa (04/04/2021).

Implantar, no sábado e no domingo de Páscoa, toque de recolher de 48 horas, iniciando-se às 5h da manhã do sábado (03/04/2021) até às 05h da segunda-feira (05/04/2021).

Após a Páscoa, deve ser iniciado o retorno às aulas em formato híbrido com 50% da capacidade para as atividades presenciais.
O Governo do Estado e os municípios devem apresentar um plano de retomada gradual das atividades econômicas.

Os educadores físicos, por serem profissionais de saúde, devem ser incluídos na lista de vacinação já nas fases prioritárias, pois esses têm um papel social importante e muitos deles estão expostos em academias e também porque trabalham com a população considerada de risco.

As Pessoas com Síndrome de Down devem ser priorizadas na vacinação, pois há comprovação científica de que estes fazem parte do grupo de risco, logo não é possível negligenciar essa população.

Os gestores públicos não devem investir recursos públicos em fármacos sem autorização da Anvisa, cuja bula do medicamento não conste explicitamente a indicação clínica para covid-19. Ao contrário, todos devem unir esforços em prol da vida. 

Altamente recomendado que as autoridades públicas do estado e dos municípios invistam em pesquisas clínicas para o enfrentamento a covid-19.

As autoridades sanitárias do estado devem alertar a população que a prescrição off-label de medicamentos sem autorização da ANVISA para a covid-19 é algo desaconselhado pela Associação Médica Brasileira. Caso a indicação clínica não conste na bula do medicamento, o paciente deve ser informado de que se trata de um método terapêutico experimental, uma vez que não há evidências científicas de que o mesmo tenha ação profilática e/ou terapêutica contra a covid-19. Além disso, o paciente deverá ser informado de que é preciso manter o distanciamento social adequado, usar máscaras, fazer higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool 70%.

Diante dos resultados apresentados em estudos científicos amplamente divulgados e revisados por pares sobre o uso indiscriminado e da automedicação utilizando Ivermectina, Cloroquina e Hidroxicloroquina, é fundamental que o Governo do Estado e demais municípios elaborem um plano de comunicação voltado para população em geral alertando sobre os riscos do uso desses medicamentos.

O Estado e todos os municípios precisam, urgentemente, discutir o retorno às aulas das escolas públicas, pois essas são as mais afetadas durante todo o curso da pandemia. As crianças e os adolescentes mais pobres do estado já foram bastante impactados pela falta das aulas presenciais, aspecto esse que poderá ampliar ainda mais a desigualdade social no RN.

Fonte: G1/RN

março 29, 2021

RN é o primeiro estado do Brasil a vacinar toda a população de rua

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
O Rio Grande do Norte tem estimado atualmente o número de 1.500 pessoas em situação de rua divididas em vinte municípios. Depois de reuniões com o Ministério Público, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) garantiu a vacinação por compreender a vulnerabilidade a que está exposta essa população. “É importante ressaltar que as doses aplicadas não serão retiradas do público já estabelecido pelo Plano Nacional de Imunização, mas sim será utililizada a reserva técnica”,afirma Kelly Maia, coordenadora de Vigilância em Saúde da SESAP.

Em Natal, 700 doses serão aplicadas no Centro Pop, Centro de referência, especializado para população em situação de rua, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social da prefeitura do Natal.

Os municípios que receberão as doses serão: Alexandria (10), Bento Fernandes (10), Caiçara do Norte (10), Caicó (60), Carnaúba dos Dantas (10), Ceará Mirim (10), Cruzeta (10), Jaçanã (10), Jardim do Seridó (10), Lajes (30), Natal (700), Parnamirim (200), Pau dos Ferros (30), Pedro Velho (10), Rio do Fogo (10), Santa Cruz (300), São Bento do Norte (30), São Jose do Campestre (10), São Vicente (10) e Touros (30).

Fonte: Agora RN

março 26, 2021

Alto do Rodrigues é o primeiro município do RN a instituir auxílio emergencial; SAIBA VALOR

Um comentário | Deixe seu comentário.
Lei assegura a Prefeitura de Alto do Rodrigues o direito de disponibilizar a relação dos beneficiários do Auxílio Emergencial. Foto: Reprodução

Em meio à pandemia da Covid-19, que tem trazido fortes impactos para a economia, mas principalmente para as famílias mais vulneráveis, o município de Alto do Rodrigues, no Vale do Açu, instituiu nesta quinta-feira 25 o Auxílio Emergencial Municipal, com o valor de R$ 200, que deverá ser pago durante três meses.

O projeto foi aprovado à unanimidade dos vereadores em sessão extraordinária da Câmara Municipal. “O nosso Auxílio Emergencial Municipal objetiva assegurar às famílias mais pobres o direito à segurança alimentar e nutricional, o acesso a uma renda mínima para suprir as suas necessidades básicas”, justificou o prefeito Nixon Baracho (DEM).

A medida deverá beneficiar em médica 500 famílias em vulnerabilidade, com um desembolso mensal estimulado em média R$ 100 mil reais/mês, segundo informações preliminares da Secretaria Municipal de Assistência Social. Somente será concedido um auxílio emergencial por família, devendo a família optar pelo auxílio municipal ou pelo auxílio emergencial do Governo Federal.

O pagamento do benefício será efetivado por meio da entrega de cheque nominal ao beneficiário. No caso de grupo familiar, composto por portadores de necessidades especiais, independentemente de idade, o valor do benefício será acrescido em 50%, exceto ao indivíduo que receba o benefício de prestação continuada.

A lei assegura a Prefeitura de Alto do Rodrigues o direito de disponibilizar a relação dos beneficiários do Auxílio Emergencial no Portal da Transparência do Município.

Fonte: Agora RN

março 26, 2021

Governo do RN convoca mais 139 profissionais de saúde para enfretamento à pandemia

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
O Governo do Estado do Rio Grande do Norte publicou, na edição de hoje (26) do Diário Oficial do Estado (DOE), a convocação de mais 139 profissionais de saúde para compor o quadro de servidores da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e atuar no enfretamento do novo coronavírus. 

O objetivo da convocação é dar continuidade a expansão de leitos e ampliar o atendimento dos pacientes acometidos pela Covid-19, em decorrência do aumento de casos da doença e da alta de ocupação de leitos na rede pública estadual – acima dos 90%, segundo dados do Regula RN. 

Foram convocados enfermeiros (68), fisioterapeutas (43), farmacêuticos (7), farmacêuticos bioquímicos e/ou biomédicos (4), técnicos de enfermagem (6), técnicos em radiologia (6), técnicos em laboratório (2), copeiros (2) e maqueiro (1). 

Os profissionais convocados foram selecionados por meio dos editais nº 001 e 002/2020 de Recrutamento para Contratação Temporária de Excepcional Interesse Público em atendimento ao Plano de Contingência Estadual para enfretamento da Covid-19 e atuarão nas diversas regionais de saúde.

Vale salientar que os convocados deverão assinar o contrato no período de 5 dias corridos, contados da data da publicação da convocação, e o atendimento se dará exclusivamente por meio virtual.

Clique aqui e confira a lista de convocação e as orientações sobre a documentação para assinatura do contrato.

http://diariooficial.rn.gov.br/dei/dorn3/docview.aspx?id_jor=00000001&data=20210326&id_doc=717537

Natal (RN), 26 de março de 2021.
GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA

março 26, 2021

Operação Carro-Pipa: Senador Jean do PT do RN, comemorou a retomada da operação

Um comentário | Deixe seu comentário.
Pela redes sociais o senador Jean Paul Prates (PT-RN), comemorou a retomada da "Operação Carro-Pipa", que leva água em diversas cidades e suas comunidades.

Nas fotos os ofícios, embaixo o texto da postagem.

VITÓRIA DO POVO! Nesta semana, oficiamos o Ministério do Desenvolvimento Regional cobrando a retomada urgente da Operação Carro-Pipa, que garante o abastecimento de água a vários municípios do interior e havia sido interrompida. 

Nosso ofício foi respondido com a informação de que nesta quarta-feira, dia 24, foi disponibilizado o recurso para a retomada do projeto.

Ganha o povo, que não fica sem água, principalmente pela pandemia que enfrentamos em todo o país. 

Em mobilização que também contou com o apoio da deputada federal Natália Bonavides, seguimos cobrando o Governo Federal sempre que for necessário para que não retire qualquer direito dos brasileiros e brasileiras. 

No Rio Grande do Norte, pessoas de 136 município que foram afetados pela descontinuidade da #OperaçãoCarroPipa agora terão novamente água em suas casas.

Além disso, os pipeiros que dependem desse trabalho para garantir a renda familiar passarão a receber os pagamentos, que também estavam suspensos! 


#SenadorJean

março 26, 2021

Esta semana foram abertos leitos para o tratamento exclusivo do COVID-19 em Natal, São Gonçalo do Amarante e Apodi

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
A expansão de leitos de UTI continua como uma força-tarefa do Governo do RN, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), para conseguir reduzir a fila por espera de um leito Covid no estado e salvar vidas. Nesta semana foram abertos 39 leitos, entre UTIs e clínicos. 

Com ocupação em 96,4% de leitos críticos de UTI e 780 leitos disponíveis pelo SUS no RegulaRN, sendo 406 clínicos e 374 leitos de UTIs, a Sesap tem buscado soluções e celeridade para aumentar mais ainda a rede. 

Foram abertos nesta semana:
20 leitos no Hospital de Campanha de São Gonçalo do Amarante, sendo 10 clínicos e 10 de UTI 

5 leitos de UTI no Hospital Coronel Pedro Germano, o Hospital da Polícia Militar 

5 leitos clínicos no Hospital Regional Hélio Morais Marinho (Apodi)
9 leitos no Hospital Universitário Onofre Lopes, sendo 5 de UTI e 4 clínicos 

O Hospital da Polícia receberá mais cinco leitos de UTI em breve, somando 10 leitos críticos em um curto espaço de tempo. “Isso reforça o esforço conjunto entre HPM e Sesap para ampliar a assistência de alta complexidade Covid-19 no estado. Reforçando que mantivemos aberta a UTI geral para dar assistência às cirurgias vasculares de maior gravidade que estão mantidas no serviço”, disse o diretor do HPM, coronel Ricardo Jorge. 

A abertura de leitos ajuda a desafogar a rede estadual de saúde, que está pressionada com a escalada crescente de casos graves de Covid-19. “Desde o início da pandemia estamos sendo parceiros da Sesap, entendendo que somos peça fundamental para auxiliar nesse esforço coletivo de combate a pandemia”, reforça o diretor. 

Além dos 39 leitos abertos esta semana, a Sesap tem previsão de expandir 69 leitos em breve, sendo três leitos de UTI no Hospital Regional Tarcísio Maia, já foram abertos 10 leitos de UTI; 12 leitos de UTI no Hospital da LIGA, também em Mossoró; 10 leitos clínicos em Apodi; e quatro leitos de suporte ventilatório no Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Hospital Santa Catarina). 

Ainda serão instalados 40 leitos de UTI no Hospital João Machado, elevando o número de leitos Covid para 100, sendo 75 críticos e 25 clínicos. 

EXPANSÃO DE LEITOS
146 novos leitos
96 UTI
35 clínicos
15 suporte ventilatório

Região Metropolitana
- Hospital Alfredo Mesquita em Macaíba: em funcionamento 10 de UTI e 8 leitos clínicos
- Hospital Giselda Trigueiro: 11 críticos foram abertos na expansão e hoje são 35 no Regula RN
- Hospital Coronel Pedro Germando, Hospital da Polícia: 10 leitos de UTI em expansão, foram abertos 5.
- Hospital João Machado: 40 leitos de UTI e 10 clínicos . Hoje o hospital tem 35 leitos abertos de UTI e 15 clínicos, serão 75 leitos críticos e 25 clínicos com a expansão que contará com 100 leitos de atendimento Covid. 
- Hospital de Campanha de São Gonçalo: 10 leitos de UTI e 10 leitos clínicos (ABERTOS DIA 24 de MARÇO) 

Oeste
- Hospital Rafael Fernandes: 16 Leitos clínicos, no momento com  10 leitos de UTI e 21 clinicos.
- Hospital Tarcísio Maia: 10 abertos e serão abertos ainda mais 3 leitos críticos. 
- Hospital São Luis:10 leitos de UTI ( atualmente com 50 leitos de uti e 15 clínicos)
- Hospital Dr Aguinaldo Pereira Silva: Caraúbas: 5 leitos clínicos e 2 leitos de suporte ventilatorio. 
-Hospital Regional Hélio Marinho em Apodi: abertos novos 2 leitos de uti  e 7 leitos clínicos, atualmente dispondo de 5 de UTI e 15 leitos clínicos. 

Seridó
Hospital Regional Telecila Freitas Fontes – Caicó: 5 leitos críticos. Atualmente dispondo de 35 leitos de UTI e 13 leitos clínicos. 
Hospital Regional Mariano Coelho, aberto novos 2 leitos clínicos,  dispondo atualmente de 5 leitos de uti e 9 clínicos. 

Mato Grande:
Hospital Regional em João Câmara - prevista abertura de novos 4 leitos críticos. Atualmente dispõe de 5 leitos de UTI, 11 leitos clínicos e 3 leitos de suporte ventilatorio pulmonar. 

Potengi:
Hospital Regional de São Paulo do Potengi- prevista expansão de 4 leitos críticos. Atualmente dispõe de 6 leitos de UTI e 10 leitos clínicos. 

Alto Oeste:
Hospital Regional de Pau dos Ferros-  ampliou 5 leitos críticos , dispondo atualmente de 15 leitos de UTI e 10 clínicos, além de 3 leitos de suporte ventilatorio. 

Vale do Açu:
Hospital Regional de Assu- ampliou 6 leitos clínicos, dispondo atualmente de 10 leitos de uti e 6 clínicos.

Natal, 26 de março de 2021.
GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE PÚBLICA

março 25, 2021

Ranking aponta transparência no processo de vacinação no RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Com mais de 14 milhões de acessos em dois meses de funcionamento, o RN Mais Vacina trará mais uma informação para a população. A partir de agora será divulgado diariamente o ranking dos 10 municípios com maior transparência no processo de imunização da população. Para se chegar a esses dados são levados em conta, entre outras variantes, o tempo entre aplicação da vacinação e o seu registro no sistema, observando a média móvel dos últimos 21 dias.

Os municípios com baixo desempenho de transparência serão divulgados após uma reunião dos pesquisadores do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) com os gestores municipais.

A metodologia de construção do ranking já foi validada pelos órgãos fiscalizadores no estado, em reunião com representantes do Ministério Público Estadual (MP/RN), Federal (MPF) e do Trabalho (MPT), Tribunal de Contas da União (TCU) e Secretaria de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP).

Para o diretor executivo do LAIS, professor Ricardo Valentim, o ranking demonstra que a gestão municipal, responsável pelo processo de vacinação e prestação de contas do mesmo, está utilizando o RN Mais Vacina em sua plenitude, portanto, potencializando seus processos de trabalhos em favor da transparência e da eficiência.

“O resultado é que temos municípios que registram a aplicação das vacinas em menos de 24h. Por outro lado, temos casos em que o registro de vacinação chega a 62 dias para ser registrado. O uso da plataforma traz benefícios para a gestão pública, proporcionando maior controle e transparência de todo o processo”, afirmou Ricardo Valentim.

O processo de cadastramento das informações é simples, necessitando que o operador responsável digite apenas o CPF do cidadão que será vacinado. A partir desse registro, os dados técnicos da vacinação serão carregados automaticamente de forma inteligente pelo sistema, levando em consideração o estoque da sala de vacina, exigindo apenas a confirmação dos dados, como tipo da vacina, lote e dose por meio de escolhas de opções automáticas apresentadas pelo sistema.

“O tempo estimado para o cadastro de cada registro para os cidadãos que realizaram seu autocadastro prévio é de até 30 segundos”, explicou o gerente do RN Mais Vacina, Fernando Lucas. “Logo, utilizar o sistema só traz benefícios para todos, especialmente para a sociedade que espera ansiosamente pelo dia da vacinação”, completou ele.

Confira o Ranking de Transparência do RN Mais Vacina:

1 Lagoa de Velhos
1 São José do Seridó
1 Barcelona
2 Francisco Dantas
3 Água Nova
4 Jardim do Seridó
5 São Vicente
6 Lagoa Salgada
7 Rodolfo Fernandes
8 Fernando Pedroza

Dados publicados em 25/03/2021

março 25, 2021

Governo do RN assina convênio de RS 1,1 milhão para beneficiar agricultura familiar

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) e do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater), irá assinar convênio no valor de RS 1,1 milhão com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para o beneficiamento da agricultura familiar do RN. A solenidade virtual e simbólica será realizada nesta sexta- feira (26), às 10h30, e será transmitida pelo canal do Youtube do Governo do Estado (Governo do RN).

O convênio é oriundo de emendas parlamentares de autoria do Senador Jean Paul Prates (PT/RN). No tocante à Sedraf, a emenda será no valor de RS 751 mil, e tem como objetivo adquirir quatro caminhões de pequeno porte, oito medidores de umidade e uma embaladora a vácuo. A ação irá beneficiar diretamente cerca de 550 famílias de agricultores e agricultoras familiares de cooperativas dos Territórios do Potengi, Açu – Mossoró, Seridó e Terras Potiguaras.

“A aquisição dos equipamentos citados facilitará a comercialização da produção oriunda da agricultura familiar, priorizando o escoamento da produção vinculada ao Pecafes – Programa Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar. Hoje, a comercialização é um dos gargalos que impede a autonomia financeira dos agricultores familiares, principalmente para o mercado privado”, disse o titular da Sedraf, Alexandre Lima.

Para a Emater está sendo destinada emenda no valor de R$ 355 mil. O montante será para a compra de equipamentos para silagem, com o objetivo de promover o desenvolvimento da pecuária dos pequenos e médios produtores do estado vinculados ao Programa Estadual de Forragem, lançado pelo Governo do RN em 2019. A emenda parlamentar será direcionada para os escritórios regionais da Emater dos municípios de Caicó, Currais Novos, Mossoró, São Paulo do Potengi, Santa Cruz e João Câmara e irá atender cerca de 300 famílias da agricultura familiar.

março 25, 2021

Previsão para próximos meses é de chuvas dentro ou abaixo da normalidade no RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
A previsão para a segunda metade do período chuvoso a região semiárida-, que corresponde ao período dos meses de abril, maio e junho- é de ocorrência de chuvas regulares, variando de normal a abaixo de normal. Essa foi a conclusão da análise da Reunião Climática coordenada pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC/PE) realizada ontem(24). O evento contou com a participação e contribuição do chefe da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), Gilmar Bristot além de especialistas de institutos de meteorologia do Brasil.

Essa também é a primeira previsão para o leste do Nordeste. Na oportunidade os especialistas avaliaram as condições oceânicas que indicam a ainda a atuação do fenômeno da La Ñina, que embora ‘fraca’ está presente no Oceano Pacífico. As águas do Atlântico Sul continuam mais frias do que as do Atlântico Norte.“Essas condições oceânicas influenciam de forma negativa para a ocorrência de chuvas no Nordeste pois não favorecem a descida da Zona de Convergência Intertropical que contribuem para a ocorrência de chuvas mais generalizadas para todo estado”, disse Bristot.

Sobre as chuvas ocorridas, da segunda quinzena de fevereiro até agora, o meteorologista avaliou como regulares, principalmente nas regiões do Alto Oeste, Vale do Açu e Seridó como todo. “As chuvas ocorreram com melhor regularidade nestes locais por influência do relevo da região, beneficiando a cadeia da agricultura”, considerou.

Previsão para os próximos três meses

As análises apontam que no interior do RN as chuvas devem ser irregulares, variando de normal a abaixo do normal, com maior concentração na região do Alto Oeste, Seridó e Vale do Açu.

Já no litoral, as condições ainda não estão adequadas para uma análise mais precisa. “Estamos no princípio do outono e as condições do centro de alta pressão do oceano Atlântico Sul e vento- algumas das condições que favorecem a ocorrência de chuvas- ainda estão indefinidas para o litoral do Nordeste. Em meados de abril será possível fazer uma análise mais clara. A indicação no momento é de normalidade, com uma maior concentração e maior ocorrência no litoral sul, na região de Canguaretama e metropolitana de Natal”, analisou Bristot.

Para o período de para abril, maio e junho as médias previstas são as seguintes:

Oeste 250 mm
Central 200 mm
Agreste 200 mm
Leste 500 mm

março 25, 2021

[POLÍTICA] Agnaldo Fernandes convoca união dos políticos em Apodi para o combate a pandemia.

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Em suas redes sociais a liderança política e presidente do diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Apodi, Agnaldo Fernandes fez um post no mínimo interessante diante da pandemia vivenciada pelo Brasil e consequentemente vivida em Apodi. 

Na postagem, Agnaldo Fernandes convoca as lideranças políticas deixarem de lado as diferenças políticas partidárias e se juntar na busca por melhorias nos serviços de saúde e na execução de ações que ajudem amenizar a situação caótica vivida pelos apodienses nesse período. Ainda alertou sobre as mentiras espalhadas por alguns personagens políticos que acaba estabelecendo um cenário de caos. 

É destacável a posição de Agnaldo, tendo em vista ter sido o candidato opositor ao conjunto que governa a cidade de Apodi. Sempre é possível ver nas redes sociais do líder político articulações em busca de ações para o melhoramento do hospital regional de Apodi.

março 24, 2021

Rio Grande do Norte repensa política do gás e pode ter em breve uma nova lei para o setor

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
O Senador Jean participou nesta quarta-feira (24) do Workshop sobre a Regulação dos Serviços de Gás Natural no Rio Grande do Norte com a participação da governadora Fátima Bezerra; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado; da deputada estadual Isolda Dantas; do deputado federal eleito Fernando Mineiro; além de lideranças empresariais, sindicais e comerciais ligadas ao setor de gás natural no Estado.

No seminário foram discutidas as bases de uma futura lei estadual que deve regular os serviços locais de gás canalizado no Rio Grande do Norte.

O Senador Jean, que é um especialista na área de energia, saudou a importância de se ter um instrumento legal para consolidar regras estaduais para o desenvolvimento da logística, comercialização e distribuição de gás canalizado e também para promover a harmonização com regras que estão sendo implementadas nos estados vizinhos, além de nacionalmente.

Ele alertou, no entanto, para que os autores se certifiquem de que a lei estadual não entre em conflito com a regulação federal do setor, gerando conflitos e possíveis judicializações. O Senador chamou a atenção dos participantes para as definições técnicas já existentes na legislação federal e questionou os critérios e garantias para o exercício da atividade de comercializador, em detrimento desta função que também é exercida pela Potigás. 

Por fim, defendeu a reformatação dos programas de incentivo industrial com base na utilização do gás. “Nosso estado produz, hoje, menos de um quarto do que já produziu no passado. E por mais que venham novos agentes, dificilmente voltará a produzir os volumes de dez anos atrás. A tendência será  a de termos cada vez mais gás importado no nosso mercado. Por isso, é importante revisarmos a política atual para o setor, cuja expansão é insustentável.  É preciso introduzir novos e modernos instrumentos de incentivos com base não só no gás produzido aqui como também nas fontes renováveis em que temos grande atratividade”, defendeu o senador potiguar.

março 24, 2021

COVID-19: RN pede inclusão dos policiais no grupo prioritário do PNI

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), reforçou o pedido para que o Governo Federal inclua os agentes da segurança pública estadual no plano nacional de vacinação contra a Convid-19.

"A defesa para que se priorize a vacinação dos profissionais da saúde, educação e segurança tem a concordância do nosso Governo. Esperamos que a União dê as condições para que possamos pôr essa questão em prática, mas se não o fizer nós iremos estudar as condições para fazê-lo", destacou a governadora Fátima Bezerra.

Na noite desta segunda-feira (22), uma segunda carta, que também é subscrita pelo secretário Francisco Canindé de Araújo – que compõe o Colégio Nacional de Secretários de Segurança Pública (Consesp) – foi entregue aos ministros da Saúde (MS) e da Justiça e da Segurança Pública (MJSP).

O Consesp quer que policiais de todo o país, assim como os demais servidores que atuam na área da segurança pública, possam ser inclusos na lista de prioridades para a vacinação contra a doença.

Na carta, coronel Araújo chama a atenção para a morte de 34 agentes de segurança em território potiguar, vítimas do novo coronavírus (Covid-19). “Quando elaboramos esta carta, o Rio Grande do Norte já havia perdido 27 agentes de segurança para a Covid. Porém, este número já aumentou para 34 casos. Foram 20 aposentados ou reservistas e mais 14 servidores da ativa que dedicaram a vida inteira a salvar o próximo, mas que infelizmente padeceram diante desta triste doença. Diariamente, temos milhares de homens e mulheres que estão nas ruas, na linha de frente, combatendo a criminalidade e também enfrentando mais este inimigo, que é o coronavírus, e para isso precisamos da vacina como proteção”, destacou.

No documento enviado ao ministro da Saúde (Eduardo Pazuello), os secretários ressaltam a situação de vulnerabilidade a que estão sujeitos os profissionais de segurança pública “na luta diária pela preservação da ordem pública e de combate à criminalidade, assim como, nas medidas sanitárias para controle da pandemia, que incluem, muitas vezes, a realização de procedimentos pré hospitalares de urgência realizados pelas forças policiais, somados ao transporte de enfermos entre estados e municípios, em face do esgotamento dos leitos em algumas localidades.”

Para o ministro André Mendonça, da Justiça e da Segurança Pública, os secretários listaram a situação crítica que se encontram alguns estados. Além do Rio Grande do Norte, também foram relatados casos de grande mortalidade nos estados de Goiás, Acre, São Paulo, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

Em vários Estados, ainda de acordo com o Consesp, os governadores estão assumindo a responsabilidade por promover a vacinação de seu efetivo policial, justamente por conviver de perto com essa crise que tão intensamente alcança as formas de segurança. É o caso do Pará, Amazonas e Distrito Federal.

“Conforme visto, o cenário apresentado demanda grande atenção por parte do Poder Público. Os órgãos de segurança pública têm se colocado na linha de frente em ações essenciais para o combate à pandemia. Ao mesmo tempo, crescem as vítimas neste meio, colocando em perigo tais ações. E, além disso, movimentos classistas podem levar à paralisação dos serviços. A situação de crise é a mesma em todo o país, a reclamar uma resposta uniforme para todos os Estados, evitando-se assim que as forças de segurança sofram ainda mais os impactos da pandemia, ao ponto de inviabilizar o cumprimento de suas missões constitucionais”, reforça o documento.

março 23, 2021

Senador Jean encaminha ofício pedindo o retorno urgente da operação carro-pipa no RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
#Repost @senadorjean 
Enviamos um ofício solicitando ao Ministério do Desenvolvimento Regional a retomada urgente da Operação Carro-Pipa na zona rural do Rio Grande do Norte.

A operação, de responsabilidade do governo federal, fornece água à 136 municípios do nosso estado.
É inaceitável que o programa esteja suspenso no momento mais perigoso da pandemia.
São quase 80 mil potiguares sendo negativamente impactados por esse descaso.
Além disso, a suspensão também atinge 219 pipeiros que dependem do fornecimento deste serviço para garantir a renda de suas famílias.
Não podemos deixar o nosso povo sem água!

março 23, 2021

UNIVAP ficará responsável pelo o estádio Antônio Lopes Filho em Apodi,RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
A nova diretoria da UNIVAP tomou posse dia 22 de Dezembro de 2020, desde então, vem conseguindo alcançar os objetivos planejados dentro do cronograma estabelecido a curto, médio e longo prazo.

No dia 18/03 a UNIVAP foi reconhecida como utilidade Pública municipal, já no dia 19/03 foi feito o Comodato com a FUNDEVAP para o uso do estádio Antônio Lopes Filho, ficando assim a responsabilidade de zelar e manter em bom estado do patrimônio cultural esportivo da nossa cidade. 

Os próximos passos estão definidos, "esse ano ainda continua de restruturação, apesar da Pandemia que nos limita, iremos buscar a utilidade pública estadual bem como novos parceiros e sócios torcedores para a concretização desse sonho que é de todos os Apodienses". falou o presidente Zé Maria".

O propósito da UNIVAP é promover oportunidades esportivas para a juventude Apodiense e região, juntos vamos em busca de novas conquistas!

março 22, 2021

Empresa responsável por primeira vacina da Covid agora mira na cura do câncer

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Ozlem Tureci, uma das fundadoras da BioNTech, empresa responsável pela primeira vacina contra a Covid, declarou que, agora que já se vê uma luz no fim do túnel da pandemia do coronavírus, já tem um novo alvo para o futuro, a cura do câncer.

Tureci e seu marido, Ugur Sahin, trabalhavam em um mecanismo para fortalecer o sistema imunológico para combater diferentes tipos de tumores quando precisaram virar seus esforços para desenvolver um  imunizante para o Sars-Cov-2.

A vacina, que tinha como principal diferencial o uso do mRNA, foi desenvolvida em parceria com a farmacêutica norte-americana  Pfizer  e bateu um recorde ao ficar pronta e ser aprovada para uso na Grã-Bretanha em apenas 11 meses e já vem sendo usada em vários países desde dezembro.

Essa velocidade se deu, entre outros fatores, por conta do estágio adiantado das pesquisas com o mRNA, que era usado em pesquisas de combate ao câncer. Somada à entrada de uma gigante da indústria de medicamentos, se deu o cenário ideal para o desenvolvimento acelerado.

Além da Pfizer, a BioNTech também contou com a ajuda da chinesa Fosun Pharma para realização dos testes de fase 2 e fase 3 e, de acordo com Ozlem Tureci, “obter ativos, capacidades e pegada geográfica a bordo, que não tínhamos”.

O futuro sem Covid
Com um grande impulso econômico dado pelo sucesso da Vacina produzida em parceria com Pfizer, a BioNTech agora pode pensar para além do que pensava antes da pandemia após seu fim, que será retomar os esforços para alcançar a cura para o câncer.

E a chave para isso, deve ser o mesmo RNA mensageiro, o mRNA, que nos trouxe a vacina mais rápida da história. Como ele atua no transporte de instruções para que o corpo produza proteínas que o preparam para atacar um invasor específico.

Essa mesma lógica que foi bem sucedida no combate a um vírus, também poderia atacar com sucesso um tumor e já existem candidatas para isso. “Temos várias vacinas contra o câncer com base em mRNA”, disse Tureci.

Porém, apesar de otimista, Ozlem Tureci se mostra conservadora para prever uma data de entrega para a vacina do câncer. “Isso é muito difícil de prever no desenvolvimento inovador. Mas esperamos que dentro de apenas alguns anos”, declarou a médica.

Mas, até que todas as vacinas compradas por governos sejam entregues e enquanto surgirem variantes mais contagiosas e fatais do Sars-Cov-2, os planos para o futuro da companhia alemã precisarão esperar um pouco mais.

Fonte: Agora RN

março 22, 2021

RN distribuiu 94% das 470.540 doses de vacinas contra Covid-19 que recebeu

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
A plataforma RN+ Vacina apresenta a partir desta segunda-feira (22) mais uma ferramenta de transparência. O site passa a contar com um painel que mostra a quantidade de vacinas recebidas pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), as doses entregues aos municípios e a reserva técnica.

A nova sessão do site será atualizada a cada nova remessa de vacina e já conta com a soma de 81,7 mil imunizantes recebidos pelo Rio Grande do Norte neste sábado (22).

De acordo com a última atualização, levando em conta os imunizantes que serão entregues nesta segunda-feira, o RN recebeu 387.040 doses da CoronaVac/Butantan e 83.500 doses da Oxford/AstraZeneca. Na parte de distribuição, o RN+ Vacina aponta que foram entregues pela Sesap aos municípios 263.689 vacinas da CoronaVac como primeira dose e 97.205 como segunda dose. Já no caso da Oxford, foram repassadas 82.810 apenas como primeira dose, já que o Ministério da Saúde ainda não repassou os lotes para a segunda dose. Ou seja: 94% do total.

A Sesap ainda mantém uma reserva técnica de 5.023 vacinas CoronaVac e 590 da Oxford. Já foram enviadas 323 doses dessa reserva técnica por conta de perdas – como quebra de frascos – desde o início do processo de vacinação no RN.

A plataforma RN+ Vacina é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio da Sesap, com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do RN (LAIS/UFRN) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN).

Para consultar os dados acesse aqui:www.maisvacina.saude.rn.gov.br

Fonte: Agora RN

março 21, 2021

Veja a diferença entre a UTI do coronavírus e a UTI tradicional

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Foto: BIANCA SOUZA/ACERVO JC IMAGEM

A abertura de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está entre as principais estratégias dos governos no combate ao novo coronavírus (covid-19). Somente em Pernambuco, foram prometidas pela gestão estadual 400 novas vagas de UTI. Mas, afinal, o que difere as UTIs do coronavírus das UTIs comuns?

De acordo com o médico Demétrius Montenegro, chefe do setor de infectologia do Hospital Oswaldo Cruz (Huoc), existem um pouco de diferenças no que diz respeito a equipamentos, mais a tecnologia é a mesma. Algumas medidas, no entanto, são tomadas para evitar o contágio. "O ideal era que tivéssemos isolamento respiratório para todos os leitos, com área reservada para cada paciente, mas isso não é uma realidade nem mesmo nos países ricos. Como temos UTIs que funcionam no esquema de salão, são respeitadas as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) no que diz respeito a distância de dois metros entre os leitos", explica. 

Segundo Montenegro, além do distanciamento entre os pacientes, outras medidas são observadas. "Utilizamos tecnologias que façam com que diminua a circulação do vírus, como o sistema fechado de respiração. No aparelho que faz papel de pulmão, o tube entra de forma que os gases não contaminem o ambiente. Isso impacta principalmente os profissionais", detalha o infectologista. Quem atua na linha de frente também precisa estar aparamentado com máscaras específicas, como a N95, que tem um filtro especial.  

Secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia destacou que mesmo as novas estruturas ampliadas, ainda que adaptadas, são segregadas dos demais leitos, para assegurar que pessoas que precisem da UTI para outras finalidades não tenham contato com a covid-19. "O fato de ter estruturas próprias segregadas em outros espaços físicos também é medida geral de segurança, tanto para a proteção de profissionais da saúde quanto dos pacientes", argumentou. 

março 21, 2021

Governadora Fatima Bezerra investiu mais de R$ 15 milhões em produtos da agricultura familiar em 2020.

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
No ano de 2020, ocrédito financiado beneficiou famílias de 26 municípios no Rio Grande do Norte.

O reforço de políticas públicas de apoio à agricultura familiar no Rio Grande do Norte proporcionou um alívio ante os impactos econômicos e sociais causados pela pandemia do novo coronavírus.

Somente em 2020, o governo estadual, por intermédio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), adquiriu da agricultura familiar um valor superior a R$ 15 milhões em compras governamentais. Foram mais de 2.900 toneladas de produtos oriundos do campo, comprados de aproximadamente seis mil agricultores e agricultoras familiares de todas as regiões do Estado. 

A ação da Sedraf envolveu também as secretarias de Educação (Seec) e Assistência Social (Sethas), além do projeto Governo Cidadão.

Produtos como biscoito artesanal, peixe seco, farinha de mandioca, goma fresca para tapioca, mel de abelha, arroz vermelho, feijão macassar, jerimum, batata doce, macaxeira, mamão, banana, bebida láctea, polpa de fruta e bolo foram adquiridos para abastecer escolas da rede estadual de ensino e para compor as cestas básicas distribuídas a populações em situação de vulnerabilidade social e a comunidades quilombolas de 21 municípios.

“Temos a clareza da necessidade de olharmos para quem vive no campo, em especial os pequenos, porque é a partir deles que iniciamos o verdadeiro trabalho de social. Nossa gestão tem esse olhar, sobretudo técnico e olhando para as questões sociais, sem com isso deixar de agregar os aspectos econômicos. Sobretudo em um momento tão difícil como este, mas com um trabalho brilhante de gestão estratégica que garante dignidade”, afirma a governadora Fátima Bezerra.

Kits de alimentos
Por intermédio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), executado pela Secretaria Estadual de Educação (SEEC), o governo distribuiu para 215 mil alunos da rede estadual de ensino três kits de alimentos, totalizando mais 640.000 kits entregues. Dentre os produtos estavam o feijão macassar, o arroz vermelho, a bebida láctea e a polpa de fruta, alimentos que foram cultivados, produzidos e comercializados por agricultores familiares de todas as regiões do RN. 

O governo estadual, via SEEC, comprou da agricultura familiar o equivalente a R$ 12 milhões. Isso corresponde à compra de 2.000 mil quilos de alimentos produzidos no campo. Frise-se que as compras de produtos da agricultura familiar realizadas no ano de 2020, totalizando 12 milhões, aumentaram 120 % em relação ao ano de 2019, quando a secretaria comprou o equivalente a R$ 5 milhões.

Vale destacar que o cenário da agricultura familiar é muito baseado nos pequenos e médios produtores rurais, que naturalmente têm várias dificuldades em se inserirem em mercados fechados ou concentrados, ficando muitas vezes a mercê de atravessadores para vender sua produção-além, é claro de dificuldades financeiras para aquisição de insumos agrícolas.

Quilombolas
Outra ação do governo foi a distribuição de alimentos para 24 comunidades quilombolas de 21 municípios do Estado. Elas receberam cinco mil cestas básicas, compostas por 100% dos produtos da agricultura familiar.

Com a ação, 1.667 famílias de quilombolas foram beneficiadas. A iniciativa, que gerou receita orçada em R$ 508 mil para os agricultores familiares, responsáveis pelas produção dos alimentos, foi realizada em parceria com a Sedraf, o projeto Governo Cidadão, a Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), a Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh) e o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

As comunidades quilombolas foram dos municípios de Bom Jesus, Ielmo Marinho, São Tomé, Assu, Ipanguaçu, Ceará- Mirim, Poço Branco, Touros, Macaíba, Parnamirim, Parelhas, Currais Novos, Lagoa Nova, Afonso Bezerra, Portalegre, Coronel João Pessoa, Luís Gomes, Patu, Santo Antônio, Tibau do Sul e Angicos.

RN Chega Junto
Ao longo da pandemia do novo coronavírus, o Governo do RN, por meio do Programa RN Chega Junto, executado pela Sethas, vem distribuindo 60.000 cestas básicas para a população em situação de vulnerabilidade. Trinta por cento dos produtos destas cestas básicas, entre eles feijão macassar, arroz vermelho, farinha de mandioca, goma fresca para tapioca e café em pó, são da agricultura familiar, o que equivale a 315 toneladas. 

As compras propiciaram aos agricultores familiares uma receita superior a R$ 1,2 milhão.

Sementes Crioulas
Além de adquirir produtos alimentícios, o Executivo estadual, em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), também investiu em 2020 na compra de sementes crioulas. Foram 51 toneladas de grãos de sorgo forrageiro, milho, feijão, arroz vermelho e feijão macassar, que foram comprados de agricultores familiares e distribuídos para cerca de 1.800 famílias de trabalhadores rurais.
A compra das sementes totalizou um valor de R$ 500 mil.

Para este ano de 2021, o governo já iniciou a entrega de 100 toneladas de sementes, cujo investimento é de R$ 1,1 milhão. A ação irá beneficiar cerca de 7.500 agricultores familiares de mais de 100 municípios do Estado, contemplando todos os territórios.

“O governo faz sua parte. Começamos com 50 toneladas e este ano dobramos. Fundamentalmente, estamos reafirmando algo que é cultural. Cada semente reflete o resgate que os pais, os avós, os bisavôs e todos os ancestrais dos agricultores faziam ano a ano e esse hábito foi se perdendo com o tempo pela falta de estímulo governamental”, destaca o titular da Sedraf e professor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Alexandre Lima.

Programa de Aquisição de Alimentos
No tocante ao Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), órgão ligado à Sedraf, que executa o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o órgão adquiriu, em 2020, 430 toneladas de alimentos de 100 variedades diferentes entre os meses de maio a setembro. 

Com a iniciativa, foram beneficiadas 308 entidades socioambientais e 19.750 famílias, com a entrega de 39.500 kits de alimentos. Esses produtos foram adquiridos de 610 agricultores familiares de 88 municípios potiguares.

Credmais
O governo estadual também possui um programa de crédito, realizado por intermédio de uma parceria entre a Sedraf, a Emater e a Agência de Fomento do RN (AGN) – o Credmais.

No ano de 2020 foram aplicados R$ 457.373,00 em crédito financiado, beneficiando famílias de 26 municípios do Estado, inseridos em oito territórios da cidadania.

Em 2021, já foi aplicado até o momento: R$ 66.000,00 para 14 famílias dos municípios de Paraú, Ceará Mirim e Guamaré.

 
Fonte: Nominuto.com

março 20, 2021

Governo do RN não vai cobrar conta de água de consumidores de baixa renda por 90 dias

4 comentários | Deixe seu comentário.
Sensível ao momento dramático que o Rio Grande do Norte atravessa em função do recrudescimento da pandemia e, tendo em vista a suspensão das atividades não essenciais públicas e privadas por 14 dias para conter a propagação do novo coronavírus, o Governo do Estado lança uma série de medidas para tentar amenizar o sofrimento da população.

As medidas, que envolvem um volume total de recursos de R$ 114,5 milhões, têm como foco proteger a vida dos cidadãos e compensar micro e pequenos empreendedores de eventuais prejuízos decorrentes da pandemia.

Na Proteção à Vida estão destinados R$ 22 milhões, dos quais R$ 20 milhões para a compra de aproximadamente 300 mil doses de vacinas e R$ 2 milhões para aquisição de máscaras destinadas aos trabalhadores. Esse valor (R$ 22 milhões) não inclui os inúmeros dos leitos de UTIs que o Governo da professora Fátima Bezerra está abrindo em todas as regiões do Estado para salvar vidas. 

No caso das vacinas, as 300 mil doses representam praticamente o dobro da quantidade enviada ao RN, até agora, pelo Ministério da Saúde. "O caminho mais seguro, mais eficaz para vencermos a pandemia e salvar vidas, neste momento, é avançar no processo de vacinação. E nosso governo não descansará um só instante enquanto não tivermos todos os potiguares vacinados", disse a governadora Fátima Bezerra. 

A confecção das máscaras, além de proteger a saúde dos trabalhadores, também vai contribuir para a manutenção dos empregos no interior do Rio Grande do Norte uma vez que serão fabricadas pelas oficinas de costuras espalhadas pelo interior do Estado. 

Na Proteção à Economia, o volume investido será de R$ 56,5 milhões, destinados principalmente a micro e pequenas empresas optantes do SIMPLES Nacional (R$ 45 milhões). Os setores de bares e restaurantes terão R$ 11,5 milhões em isenção das tarifas de água e concessão de crédito via Agência de Fomento (AGN).

O Governo também ampliou o Super Refis e prorrogou o pagamento ICMS de março dos setores de bares e restaurantes.

A Proteção Social receberá um volume de investimentos de R$ 36 milhões, sendo R$ 28 milhões de microcrédito para trabalhadores informais e microempreendedores individuais. Eles poderão obter financiamento até o limite de R$ 12 mil, pagando zero de juros.

O Governo também irá deixar de cobrar, por 90 dias, as tarifas de água da Caern dos consumidores de baixa renda das tarifas Social e Popular. Serão 20 mil famílias beneficiadas, cerca de 80 mil pessoas. Além disso, ficará suspenso por três meses o corte, por atraso de pagamento, do fornecimento de água desses consumidores.

Nesse caso, o benefício é de R$ 1 milhão. O Governo do Rio Grande do Norte também irá distribuir 30 mil cestas básicas, no valor estimado de R$ 2 milhões e irá reservar outros R$ 5 milhões para auxílios a serem definidos.

Fonte: Mossoró Hoje 

março 19, 2021

Giro pelo RN: Senador Jean acerta ajuda para retirada de areia da RN-404 com prefeito Sael Melo

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
O Giro pelo RN esteve na cidade de Porto do Mangue nesta sexta-feira (19). Senador Jean se reuniu com o prefeito Sael Melo e seus auxiliares em uma live no Facebook. Durante o encontro virtual, o parlamentar se comprometeu com o prefeito de viabilizar a retirada da areia da RN-404, que dificulta o acesso de Porto do Mangue a Mossoró.

Jean está passando por diferentes cidades do Rio Grande do Norte para conversar com os prefeitos e com a população sobre as demandas de cada município. É o projeto Giro pelo RN. 

Em 2020, o ele percorreu o estado presencialmente no início do ano, sob a mesma proposta de debater as questões colocadas pelos representantes municipais e também pelos moradores de cada localidade. Contudo, em 2021, por causa da pandemia da Covid-19, Jean decidiu que esse contato ocorreria pela internet.

No encontro de Porto do Mangue, o senador destacou a importância de estreitar a relação com os municípios, para direcionar melhor as parcerias do mandato com os gestores e acompanhar a execução dos recursos que venham a ser enviados para as cidades. “Nossa equipe está toda à disposição dos prefeitos”, afirmou o parlamentar.

“E você sabe, Sael, que eu tenho um carinho muito grande por Porto do Mangue. Quero que o povo de Porto do Mangue possa dizer que tem um senador que o representa”, declarou Senador Jean.

O prefeito Sael Melo agradeceu a Jean pelo encontro e também pelo trabalho que o parlamentar vem desenvolvendo no município, através do envio de emendas que ajudam a melhorar a qualidade de vida da comunidade. “Sei que o senhor é um portomanguense de coração, senador”, disse.

Na live, os dois trataram de um problema recorrente à população de Porto do Mangue, que é a interdição da RN-404 por causa da areia. A rodovia estadual fica próxima a dunas móveis e com frequência a areia cobre o asfalto, impossibilitando a passagem de veículos.

Sael Melo contou que, durante a pandemia, a preocupação com a RN-404 aumentou, porque a via é o principal acesso à cidade de Mossoró, referência em saúde pública na região. “Se precisarmos transferir algum paciente, o trajeto está interrompido”, alertou.

Senador Jean garantiu ao prefeito que oficiaria o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) para que realize a retirada da areia e a liberação da estrada, com urgência. Para além disso, Jean propôs a Sael Melo uma união para resolver de vez o problema. O senador quer, junto com o prefeito, tentar fechar cooperações com as empresas salineiras que atuam na região, para que se possa chegar a uma solução que seja interessante a todos os envolvidos.

Emendas

No encontro virtual, o prefeito e o senador também conversaram sobre as emendas que o parlamentar destinou a Porto do Mangue. Em 2020, foram R$ 150 mil para o custeio da saúde pública e ainda recursos para a perfuração de dois poços na zona rural, nas comunidades Alto das Graças e Brilho do Sol.

Além disso, Senador Jean ainda luta em Brasília por verbas extraorçamentárias no valor de R$ 250 mil para pavimentação de ruas no município. Em 2021, uma emenda individual de Jean beneficiará a pesca artesanal. São R$ 225 mil para a compra de kits de pesca para os pescadores da cidade, incluindo redes, boias e outros equipamentos.

Uma pessoa que assistia à live reclamou sobre o Registro Geral de Pescadores no Ministério da Pesca. O relato é de que vários trabalhadores da pesca que vivem na comunidade de Logradouro, zona rural de Porto do Mangue, não conseguem fazer o registro, porque o grupo não se caracteriza ainda como colônia.

Jean respondeu que o Governo Federal suspendeu os registros e que o mandato tem questionado ao ministério quando esse serviço vai voltar a funcionar e quais são as características necessárias para aderi-lo. De todo modo, o parlamentar orientou a sua equipe técnica que, paralelamente, verifique a situação legal do grupo e as questões relativas à transformação em colônia de pescadores. 

Ao final do encontro, o prefeito Sael Melo agradeceu mais uma vez a Jean pela visita. “O Rio Grande do Norte foi feliz ao eleger Fátima não só porque ela foi para o governo, mas porque o senhor assumiu a vaga no Senado Federal e passou a nos representar também”, comemorou Sael.

As lives do Giro pelo RN continuam por diferentes cidades do Rio Grande do Norte, ocorrendo sempre entre a segunda a sexta-feira nas redes de Senador Jean. O Giro já passou pela região Oeste potiguar, pela Região Metropolitana e também por municípios do litoral Norte, além da região do Mato Grande.

março 19, 2021

Seguro Safra 2019/2020 injeta R$5,2 milhões em 35 municípios do RN

3 comentários | Deixe seu comentário.
 Foto: Internet

Um montante de R$ 5,2 milhões está sendo injetado em 35 municípios do Rio Grande do Norte com o pagamento do Seguro Safra 2019/2020. Um total de 6121 agricultores e agricultoras familiares do estado começam a receber, ainda neste mês de março, o benefício. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou portaria, nesta quinta- feira (18), autorizando o pagamento integral de R$ 850,00 para cada agricultor. A parcela única será em decorrência da pandemia do coronavírus.

O Garantia Safra é um seguro para as famílias de agricultores que vivem no Nordeste, Norte de Minas Gerais, Vale do Jequitinhonha e Espírito Santo. O agricultor familiar que adere ao programa, com renda de até 1,5 salários mínimos, tem a garantia de receber o seguro, que também é pago em caso de seca ou enchente. Os recursos são provenientes do Fundo Garantia Safra, formado por contribuições da União, estados, municípios e agricultores familiares. A União contribui com R$ 340,00; os estados com R$ 102,00; os municípios com R$ 51,00 e os agricultores com R$ 17,00.

“Recebemos a notícia do adiantamento do pagamento com bastante alegria. Diante de tudo que estamos vivendo, o dinheiro chega numa boa hora para os nossos agricultores e agricultoras familiares. Vale ressaltar que os pagamentos serão realizados de acordo com o calendário de benefícios da Caixa Econômica Federal”, disse o titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf). Órgão responsável por executar o programa no estado.

Municípios beneficiados
Acari, Alto do Rodrigues, Antônio Martins, Areia Branca, Caicó, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Currais Novos, Florânia, Frutuoso Gomes, Ipueira, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lucrécia, Martins, Mossoró, Paraú, Parelhas, Pau dos Ferros, Pendências, Porto do Mangue, Riacho da Cruz, Rodolfo Fernandes, Santana do Matos, São Francisco do Oeste, São Rafael, São Vicente, Serra do Mel, Serrinhas dos Pintos, Taboleiro Grande, Tenente Laurentino Cruz, Timbaúba dos Batistas, Triunfo Potiguar, Umarizal e Viçosa.

março 18, 2021

Região Oeste do RN chega a 100% de ocupação dos leitos críticos para Covid-19 na noite desta quinta-feira

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
RN tem 21 hospitais com leitos de UTI para Covid-19 - Foto: Elisa Elsie / Governo do RN

Todos os leitos críticos de Covid-19 na Região Oeste do Rio Grande do Norte estavam ocupados por volta das 20h desta quinta-feira, 18, de acordo com dados da plataforma Regula RN, do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), da UFRN, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). No mesmo período, segundo a plataforma, ao menos 18 hospitais do estado estavam com 100% dos leitos críticos ocupados.

Ainda no período próximo às 20h desta quinta, segundo as estatísticas da plataforma Regula RN, dos 360 leitos críticos existentes, apenas 13 (3,61%) estavam disponíveis; 19 (5,28%) estavam bloqueados e 328 (91,11%) leitos estavam ocupados.

No mesmo momento, 140 pacientes aguardavam por um destes leitos. Ou seja, a fila é quase 11 vezes maior que a quantidade de leitos prontos para receber pacientes. Deste número total de pacientes aguardando leitos críticos no Rio Grande do Norte, 18 são da Região Oeste do Estado.

Imagem mostra momento em que Região Oeste do Estado atingiu taxa total de ocupação de leitos críticos para pacientes com Covid-19 – Foto: Reprodução

Outras regiões
No Seridó, a taxa de ocupação de leitos críticos também preocupa: 97,5%. 

Em seguida, mas não muito abaixo, está a região Metropolitana de Natal, com índice de 94% de lotação. A média do Estado na noite desta quinta-feira chegou a 96,2%.

março 18, 2021

A Senadora Zenaide critica adiamento da votação de proposta que pune a desigualdade salarial entre homens e mulheres

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Foto: Fernando Oliveira

A senadora Zenaide Maia (PROS-RN) reagiu ao pedido do senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO) para a retirada de pauta do PLC 130/2011, que pune a discriminação salarial contra mulheres no mercado de trabalho. 

O senador considerou que era preciso analisar melhor os impactos da multa prevista no projeto – de cinco vezes a diferença entre o salário de homens e mulheres que desempenham a mesma função em uma empresa. 

Zenaide protestou, dizendo que o pedido atrasava ainda mais a votação de um projeto apresentado em 2009 pelo deputado Marçal Filho e que espera decisão do Senado desde 2011: “Só vai pagar multa quem desobedecer à lei! Eu não perdi a capacidade de me indignar e não pude ficar calada diante de mais um pedido de adiamento de um projeto que já está há mais de 10 anos tramitando no Congresso! Queremos acabar com uma injustiça: a desigualdade salarial entre homens e mulheres!”, desabafou Zenaide. 

Durante a sessão, as senadoras Kátia Abreu e Rose de Freitas também se posicionaram contra o adiamento.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, levantou outras questões sobre o projeto e propôs adiar a votação por uma semana. O relator, senador Paulo Paim (PT-RS) disse preferir a votação imediata, mas que a decisão final caberia a Pacheco. 

Falando pela liderança da bancada feminina, a senadora Simone Tebet (MDB – MS) pediu prioridade para o projeto na próxima terça, o que foi aceito pelo presidente da Casa. Zenaide espera que a promessa seja cumprida: “Mulheres do Brasil, vamos ficar de olho! Essa é uma das propostas mais importantes para combater a discriminação contra nós no mercado de trabalho! Espero que a promessa de votar na próxima terça seja cumprida!”, declarou Zenaide, via Twitter. 

De acordo com o IBGE, as mulheres recebem 77,7% do salário dos homens. Nos cargos de liderança, a diferença é ainda maior, com o salário das mulheres correspondendo a apenas 61,9% do que ganham os homens. “Nada justifica salários desiguais para funções iguais!”, finalizou a parlamentar.

Fonte: Blog a Fonte

março 18, 2021

Pai e filho morrem no mesmo dia por coronavírus no Hospital de Pau dos Ferros; as vítimas era naturais da cidade de Itaú, RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Foto/Rede social

Faleceram na manhã desta quinta-feira(18), no Hospital Regional de Pau dos Ferros, pai e filho, ambos naturais da cidade de Itaú, Deoclecio Fernandes e João Batista (Tista).

Os mesmos estavam internados a vários dias entubados em unidade intensiva no Hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade, ambos com o Covid-19 .

março 18, 2021

Saiba o que pode e o que não pode funcionar no RN com novo decreto; governo define serviços essenciais

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Avenida Rio Branco, no centro de Natal (Arquivo) — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

Em decreto conjunto com novas "medidas de isolamento social rígido" para combate à Covid-19 - o primeiro assinado pela governadora Fátima Bezerra (PT) e pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB) - o governo do estado determinou suspensão de todas as atividades que não sejam consideradas essenciais, do próximo sábado (20) até o dia 2 de abril, em todo o Rio Grande do Norte.

Com as novas medidas, as autoridades estaduais tentam reduzir a pressão no sistema de saúde. O decreto ainda determina suspensão de aulas presenciais em escolas e faculdades públicas e privadas, além de cultos, missas e outras atividades religiosas realizadas coletivamente.

O fechamento de atividades não essenciais foi anunciado pela governadora Fátima Bezerra (PT) nesta quarta-feira (17), após várias reuniões com prefeitos, empresários e Ministério Público. As recomendações do comitê científico eram de fechamento das atividades por 21 dias.

O que pode abrir 
Segundo o texto publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (18), podem funcionar os seguintes serviços, considerados essenciais:

  • serviços públicos essenciais (como segurança pública e saúde)
  • serviços relacionados à saúde, incluídos os serviços médicos, hospitalares, atividades de podologia, entre outros
  • atividades de segurança privada
  • supermercados, mercados, padarias, feiras livres e demais estabelecimentos voltados ao abastecimento alimentar (vedado consumo de alimentos no local)
  • farmácias, drogarias e similares, bem como lojas de artigos médicos e ortopédicos;
  • serviços funerários
  • petshops, hospitais e clínicas veterinária
  • serviços de imprensa e veiculação de informação jornalística
  • atividades de representação judicial e extrajudicial, bem como assessoria e consultoria jurídicas e contábeis
  • correios, serviços de entregas e transportadoras
  • oficinas, serviços de locação e lojas de autopeças referentes a veículos automotores e máquinas
  • oficinas, serviços de locação e lojas de suprimentos agrícolas
  • oficinas e serviços de manutenção de bens pessoais e domésticos, incluindo eletrônicos
  • serviços de locação de máquinas, equipamentos e bens eletrônicos e eletrodomésticos
  • lojas de material de construção, bem como serviços de locação de máquinas e equipamentos para construção
  • postos de combustíveis e distribuição de gás
  • hotéis, flats, pousadas e acomodações similares
  • atividades de agências de emprego e de trabalho temporário
  • lavanderias
  • atividades financeiras e de seguros
  • imobiliárias com serviços de vendas e/ou locação de imóveis
  • atividades de construção civil
  • serviços de telecomunicações e de internet, tecnologia da informação e de processamento de dados
  • prevenção, controle e erradicação de pragas dos vegetais e de doenças dos animais;
  • atividades industriais
  • serviços de manutenção em prédios comerciais, residenciais ou industriais, incluindo elevadores, refrigeração e demais equipamentos
  • serviços de transporte de passageiros
  • serviços de suporte portuário, aeroportuário e rodoviário
  • cadeia de abastecimento e logística.

O que não pode funcionar.

  • Estabelecimentos que não se encaixam em nenhuma das atividades consideradas essenciais (acima)
  • Cultos, missas e outras atividades religiosas
  • Aulas presenciais no ensino básico, técnico, superior e profissionalizante.
  • De acordo com o decreto, as atividades que não foram consideradas essenciais só poderão funcionar por meio de atendimento não presenciais, como teleatendimento, atendimento virtual e delivery.

Os templos religiosos ainda poderão abrir para atendimentos e orações individuais, além da transmissão dos cultos de forma online.

No caso da suspensão das aulas, só é permitida aula presencial para treinamento de profissionais de saúde e aulas práticas e laboratoriais destinadas aos concluintes do ensino superior.

Ainda de acordo com o texto, ônibus intermunicipais não poderão circular com passageiros em pé.


Fonte: G1/RN

março 17, 2021

Governadora anuncia fechamento de atividades não essenciais no RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Imagem mostra uma das entradas de Natal, pela BR-101, vazia durante pandemia do coronavírus — Foto: Sandro Menezes

A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta quarta (17) o fechamento das atividades não essenciais no Rio Grande do Norte. Com duração de 14 dias, a medida entra em vigor no sábado (20) e vale até 3 de abril.

O decreto com todas as regras detalhadas deve ser publicado ainda nesta quarta.

"Nenhum gestor gostaria de estar tomando essa decisão. Estou tomando com o senso de responsabilidade que eu tenho como governadora. O que está em jogo nesse momento é a vida das pessoas", resumiu Fátima Bezerra em entrevista ao RN 2.

Fátima disse que as medidas "mais drásticas" são necessárias para "aumentar a taxa de isolamento social e conter a velocidade da transmissibilidade do vírus". "Eu sei dos impactos que essas medidas tem pra trabalhadores, empresários, para as famílias de vulnerabilidade social. Mas nesse momento, nós não temos escolha. São vidas".

"Nós abrimos leitos e mais leitos para pacientes com Covid-19 no RN, mas está provado no Brasil e mundo afora que não basta só abrir leitos de UTI. Há necessidade dessas medidas preventivas".

De acordo com a recomendação do comitê científico, poderão funcionar durante este período as seguintes atividades consideradas essenciais:

  • Oficinas de veículos automotores, máquinas e equipamentos agrícolas;
  • Locadoras de máquinas e equipamentos agrícolas;
  • Lojas de suprimentos agrícolas;
  • Podólogos;
  • Serviços de saúde;
  • Serviços de segurança privada;
  • Supermercados; Mercados; Hipermercados; Quitandas; Açougues; Peixarias; Padarias;
  • Distribuições de alimentos;
  • Serviços de Delivery;
  • Loja de autopeças;
  • Postos de combustíveis;
  • Farmácias, drogarias e similares;
  • Lojas de artigos médicos e ortopédicos;
  • Hotéis, flats, pousadas e acomodações similares;
  • Lojas de material de construção;
  • Locadoras de máquinas e equipamentos para construção;
  • Petshops, hospitais/clínicas de veterinária;
  • Locadoras de máquinas, equipamentos e bens tangíveis;
  • Atividades de agências de emprego;
  • Atividades de agências de trabalho temporário;
  • Lojas de reparos de computadores e bens pessoais e domésticos;
  • Lavanderias;
  • Serviços funerários;
  • Atividades financeiras e de seguros;
  • Imobiliária com serviços de vendas e/ou locação imóveis;
  • Transportes Públicos coletivos ou não (ônibus, trens, táxis, transportes por aplicativos e outros);
  • Correios e serviços de entregas;
  • Transportadoras;
  • Imprensa.

Com o endurecimento das restrições, a governadora Fátima Bezerra antecipou também que as aulas presenciais nas escolas privadas também serão suspensas neste período em todos os níveis. Todas as regras serão detalhadas no decreto, que ainda será publicado.

Fonte: G1/RN