dezembro 16, 2021

Zenaide pede aprovação de matérias que limitam os juros cobrados pelos bancos

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.

Em pronunciamento, nesta quarta-feira (15), a senadora Zenaide Maia (Pros-RN) criticou as altas taxas de juros cobradas pelo sistema bancário do País. Em sua opinião, trata-se de uma “extorsão à família brasileira”. Ressaltou que o Congresso Nacional precisa agir para não permitir que o sistema financeiro continue a espoliar a renda da população.

De acordo com a senadora, o Congresso Nacional detém prerrogativas capazes de controlar essas práticas, aprovando projetos que regulamentem as taxas de juros impostas pelo sistema bancário. Citou, como exemplo, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 44/2019, de sua autoria, que limita os juros dos cartões de crédito, dos cheques especiais, a três vezes a taxa Selic, no máximo. Zenaide frisou que a matéria, se aprovada, não irá interferir na política monetária do Banco Central.

— Os cartões de crédito não são para luxo, não. Atualmente, as famílias, em sua grande maioria desempregadas, usam o cartão de crédito para comprar alimento. E os juros são tão extorsivos que estão chegando a mais de 300% ao ano. E não se pode culpar só o governo federal, porque há PEC e projetos de lei. E a gente não pode ficar aqui de braços cruzados, com o povo desempregado ou subempregado, e deixar os bancos e o sistema financeiro extorquirem. Não podemos permitir essa extorsão — declarou.

Fonte: Agência Senado / Foto: Jefferson Rudy

Nenhum comentário:

Postar um comentário