janeiro 10, 2022

“Todos vão ter aula presencial a partir do dia 7 de fevereiro", diz secretário de educação do RN

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Secretario Getúlio Marques. Foto: José Aldenir/Agora RN.

As aulas em modalidade presencial nas escolas estaduais do Rio Grande do Norte devem voltar no mês de fevereiro. A informação foi confirmada através de declaração do secretario estadual de educação, Getúlio Marques, em entrevista ao Bom Dia RN/InterTV Cabugi, nesta segunda-feira 10. De acordo com o gestor, toda a rede de educação está preparada para esta volta.

“Todos vão ter aula presencial a partir do dia 7 de fevereiro”, disse ao ser questionado sobre a volta às aulas. Na avaliação de Getúlio, não há escolas que não possam fazer isso. “Toda à rede está preparada para isso. As matrículas estão agora, nós convidamos aos pais dos alunos que possam ocupar as nossas mais de 290 mil vagas que estão oferecidas e as matrículas já iniciaram”, complementa.

Mesmo com a volta, o secretário aponta que vai seguir a ciência e as recomendações do comitê científico. “Nesse momento com o aprendizado e com os leitos ainda em uma situação privilegiada, eu acho que vai ser possível, mas vamos seguir a ciência e o nosso comitê científico”, disse.

Exigência de vacinação

Questionado sobre a exigência da vacinação dos alunos, o secretário disse que irá seguir as normas do comitê científico, mas não há definição sobre o assunto ainda.

“Vamos fazer a consulta ao comitê científico, para ver o que o comitê científico nos orienta, se há essa obrigação da exigência, digamos do passaporte de vacina ou se não. Até porque dentro dessas escolas, nós vamos ter aqueles alunos ainda não vacinados. Mas vamos seguir a orientação, hoje nós não temos ainda definição sobre esse assunto”, comentou.

Secretário esclarece as dificuldades de se fazer reformas nas escolas

Em outro momento da entrevista, Getúlio Marques comenta sobre as reformas das escolas durante o período da pandemia e suas dificuldades. “Nós aprendemos durante a pandemia que é possível fazer reforma e a gente não sabia fazer isso. Quando a gente tinha que fazer uma reforma, e por isso não vou dar aqui desculpas pelos anteriores, talvez as dificuldades [levassem] a gente a dizer que muitas escolas não tem reforma. O período sem aulas é apenas de praticamente 1 mês e 15 dias, as aulas terminaram no dia 19 de dezembro, e quando você vai fazer uma grande reforma, normalmente ela passa um pouco mais. Aí a logística é muito difícil, principalmente quando se tratam de escolas maiores, porque você não consegue uma estrutura para transferir os alunos da escola que vai ser reformada para outra escola, em algumas cidades do interior isso é muito mais complicado”, apontou.

Contudo, Getúlio reforçou que todas as escolas estão preparadas para o retorno e citou o exemplo da Manoel Dantas, Instituto Kennedy e Machadão. “Mas, nesse momento, nós temos todas as nossas escolas preparadas para o retorno. As 11 escolas que estavam em reforma no final do ano, elas já foram concluídas”, comentou.

Fonte: Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário