janeiro 05, 2022

Em 2021 foram 28 pesquisas e na última Fátima ultrapassou a barreira dos 35% no 1º turno

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
O ano de 2021 foram 28 pesquisas publicadas sem registros na Justiça Eleitoral. A última, na Band Natal, foi a Sensatus, instituto que tem sede no município de Itaú, no Alto Oeste Potiguar. Foram 1666 entrevistas, coletadas em 55 municípios do Estado. As entrevistas aconteceram antes da ceia de Natal, no período de 17 a 21 de dezembro. A margem de erro é de 2,4% pontos percentuais para mais ou para menos. Quem teve acesso ao relatório percebeu que as perguntas tiveram foco no debate nacional, precisamente na polarização entre Bolsonaro e Lula.

Um dos exemplos foi a indagação se os entrevistados pela Sensatus votariam em um candidato apoiado por Bolsonaro: no Rio Grande do Norte, 65,3% não votariam e apenas 15% votariam com certeza. Nesse contexto, 19,7% poderiam votar. Quando a mesma pergunta foi feita em relação a Lula, 37% vota com certeza. 33,6% não votariam em nome apoiado pelo petista e 29,4% poderiam votar. É perceptível que a intenção da pesquisa era associar ao debate nacional, alimentando a polarização Lula/Bolsonaro.

Nos cenários para o Governo do Estado, Fátima chegou a 27% na espontânea e ultrapassou a barreira dos 35% na estimulada. O disco dos concorrentes na estimulada eram Carlos Eduardo, Styvenson Valentim, Benes, Haroldo Azevedo e Clorissa Linhares. Esses nomes perdem para “não sabe”, que teve 24,7%, e branco/nulo com 10%. O RN já mostrou que não vota verticalizado com a eleição nacional. Foi assim em 2010, quando Lula no auge elegeu o “poste” Dilma Rousseff, mas aqui perdeu com o voto casado em Rosalba (governadora), Garibaldi e José Agripino (senadores).

2022 Começou
Lula terminou 2021 numa situação confortável. Lidera a corrida ao Palácio do Planalto com ampla vantagem sobre Bolsonaro. Mas, essa liberdade de atuação não deve se repetir em 2022. Aliados de Bolsonaro pretendem deflagrar uma campanha para relembrar os escândalos de corrupção nos dois mandatos de Lula.

Abrindo Caixa
O jornal O Globo destacou que, impulsionados pelo aumento de receitas com impostos e de olho nas eleições, ao menos 22 governadores anunciaram ou já sacramentaram reajustes a servidores que entrarão em vigor nos próximos meses, após o término do veto a recomposições salariais e aumentos reais determinado pelo socorro federal na pandemia. Entre os governadores que tentarão reeleição, a proporção é maior: 14 dos 16 que buscam novo mandato planejam ou já deram aumentos este ano. No RN, Fátima Bezerra consta na lista dos que reajustaram uma ou mais categorias específicas.

Surte da Gripe
Dificilmente há, neste momento, um brasileiro que não conheça ao menos três pessoas com sintomas de gripe ou covid-19. Depois das festas, os postos de saúde de diversas capitais estão com espera de horas de pessoas buscando fazer testes e as farmácias já não conseguem atender a demanda. Em Natal, há lotação de hospitais. No Brasil, a média móvel de casos de covid está em um patamar superior ao dobro do cálculo de 14 dias atrás, o que demonstra forte tendência de alta. Enquanto isso, o surto de influenza avança.

Folia Cancelada
O aumento de novos casos de covid-19 provocados pela variante ômicron nos Estados Unidos e na Europa acenderam um alerta para o Carnaval 2022 no Brasil.

Fonte: Agora RN

Clique aqui para saber mais informações sobre as viagens acima. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário