Clique aqui

maio 25, 2021

Senador Jean Paul Prates: “Estão antecipando 2022 indevidamente”

Nenhum comentário | Deixe seu comentário.
Senador Jean Paul Prates avalia que a consciência e a ciência guiam a gestão da governadora Fátima Bezerra, ao contrário, segundo ele, do que acontece com o governo de Jair Bolsonaro. Foto: Agora RN

O senador Jean Paul Prates (PT), candidato natural do PT à reeleição, avalia que estão antecipando o debate sobre a sucessão de 2022 “indevidamente”. “Enquanto isso, nós estamos concentrados no trabalho imediato de combate à pandemia e em garantir que os investimentos no Estado continuem a gerar empregos e circulação de renda”, afirma, nessa entrevista ao Agora RN.

“Quem só está preocupado com a política deve se lembrar daquele ditado que diz que ‘a política é igual nuvem que muda de forma a todo instante’. Portanto, seria mais sensato se resguardar quanto a essas manifestações”, afirmou Jean Paul, criticando recente declaração do presidente da Federação dos Municípios, que afirmou que “o RN está órfão no Senado”, antes de defender a candidatura do ministro Rogério Marinho ao cargo.

Segundo Prates, o gestor da entidade teceu crítica generalizada “depois de receber orientações ministeriais”. “Isso afeta a legitimidade e a neutralidade que essa importante entidade deveria manter. Muita coisa ainda vai acontecer até a virada do ano”, completou.

Sobre o ministro Rogério Marinho, Prates afirmou que “seria bom para o povo do Rio Grande do Norte que alguém que, até agora fez muito pouco pelo estado, pudesse transformar promessas em realidade”. O senador petista disse ainda não ser absurda a ideia de aliança de partidos como MDB e PSDB aqui no Estado com o PT, reproduzindo aliança costurada nacionalmente por lideranças dessas legendas. “Por que não? Em política, alianças são fundamentais”, observa.

Sobre estes e outros assuntos, como CPI da Covid, gestões Jair Bolsonaro, Fátima Bezerra e Álvaro Dias, confira a entrevista que Jean Paul Prates concedeu ao jornal Agora RN,  CLIQUE AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário