Fátima propõe usar lote de vacinas de uma vez, mas ministro Pazuello nega e manda guardar para 2ª dose

Por Apodi Agora - janeiro 18, 2021

A governadora Fátima Bezerra (PT) participa na manhã desta segunda-feira 18 de uma cerimônia simbólica de entrega das vacinas pelo Ministério da Saúde em Guarulhos, São Paulo. A representante do Rio Grande do Norte questionou o titular da pasta Eduardo Pazuello sobre a possibilidade de utilização de todo o lote de vacinas, cerca de seis milhões de doses, já nesta primeira etapa.

O questionamento da chefe do Executivo potiguar acontece porque a decisão do Ministério da Saúde é de resguardar parte do lote inicial para a segunda dose, que deverá ser aplicada em até 28 dias após a primeira. A sugestão da petista era de vacinar mais pessoas (primeira dose), com o estoque reservado para a segunda. O argumento é de que o intervalo seria relativamente longo para a aplicação das vacinas.

“Gostaria de colocar aqui, o debate para que possamos usar esse primeiro lote de vacinas agora, evidentemente com a garantia do Ministério da Saúde de fazer a reposição desse primeiro lote em momento oportuno. Estou colocando isso porque se nós não trabalharmos nesse contexto, tendo como alvo os grupos prioritários, principalmente os profissionais da saúde, e incluir também os profissionais da educação. É nesse sentido que faço essa colocação”, sugeriu Fátima.

A fala da governadora foi prontamente rebatida pelo ministro da saúde. “Esse debate não é o momento aqui. Esse debate já aconteceu e já está batido com Conas, Conasems, governadores e com toda a parte técnica do Butantan e da Anvisa. Nós não podemos fazer isso. A vacina do Butantan são duas doses em tempo curto e ela precisa ser trabalhada desta forma. Agradeço a sua sugestão, governadora, mas esse debate já foi feito”, respondeu Pazuello.

Fonte: Agora RN

  • Compartilhar

0 comentários

Rádio Cidade FM 87.9

Rádio Cidade FM 87.9
Clique na imagem